01/09/2017 08:59

Estado febril

A febre é um sintoma comum a várias doenças e deve-se sempre estar atento



    Toda pessoa já passou por diversos quadros febris durante a vida, sendo, muitas vezes, de causas diferentes, indo desde uma infecção bacteriana até um linfoma, por exemplo, logo percebemos que é um sintoma bem amplo. O indivíduo é considerado febril quando sua temperatura corporal está acima de 37,5ºC podendo ser aferido na região axilar, na boca e no reto, em geral é realizada na primeira região. Uma curiosidade é que a febre consiste num método do organismo de defesa, a fim de eliminar o agente estranho, porém ela na maioria passa a ser prejudicial para as células do corpo humano.

    Nota-se que em casos que a pessoa apresente temperatura corporal acima de 40ºC os sintomas como mialgia, irritabilidade, anorexia e mal-estar são notados. O recomendado para esses casos é tomar bastante líquido, para evitar desidratação e repousar, uso de antipiréticos também são de bastante relevância, pois eles bloqueiam certas enzimas do corpo, por exemplo, a COX-2, consequentemente, interrompendo reações, evitando que a febre se mantenha. Segundo livros de semiologia e clínica médica, existem diversas classificações para a febre, as quais se relacionam em sua grande maioria a sua causa.

   Dessa forma, em um atendimento médico é muito importante o profissional perguntar sobre as características da febre, podendo assim, por meio de um raciocínio clínico, contribuir para a formação de um diagnóstico e posteriormente tratamento. Um exemplo simples é nos quadros de malária, em que a febre é intermitente, se manifestando em intervalos de 48h, sendo essa informação essencial para o médico.

#Febre #SempreEsperto